04.08.2018 | 08h53

Marina come no prato em que cuspiu

No ‘”circuito das convenções” que acontece neste final de semana, Marina Silva voltará ao palanque ao lado do partido que saiu rompida: o PV. A pré-candidata do Rede deixou o Partido Verde em 2011, brigada com os dirigentes. Como lembra a Folha, Marina tem divergências com seu vice, Eduardo Jorge, em temas relacionados a costumes, como descriminalização das drogas e do aborto. Voltar a estar ao lado do PV foi a solução para não ficar sem alianças nestas eleições.


VOLTAR PARA O ESTADÃO