07.02.2019 | 11h49

Marina cobra medidas de ‘adaptação às mudanças climáticas’

Depois do temporal de ontem no Rio, que causou pelo menos três mortes, a ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva cobrou “adoção urgente” de medidas que possam preparar o País para o impacto das mudanças climáticas que estão acontecendo.

“O temporal no Rio é mais um alerta para a adoção urgente de medidas de mitigação e adaptação às mudanças climáticas. Em uma hora choveu o equivalente a um mês. Os eventos extremos se intensificarão. Ou encaramos isso ou pagaremos o preço por tamanha negligência, sobretudo os mais frágeis”, diz Marina. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Marina SilvaMeio Ambiente
VOLTAR PARA O ESTADÃO