02.01.2019 | 11h55

Marina: ‘Bolsonaro lançou pacote de retrocessos’

A ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva criticou duramente Jair Bolsonaro por transferir da Funai para o Ministério da Agricultura a prerrogativa de demarcar terras indígenas. Marina bateu também na transferência do Serviço Florestal Brasileiro para a mesma Pasta e disse que o presidente lançou seu primeiro “pacote de retrocessos”.

“Bolsonaro começou seu governo da pior forma possível. O presidente, que proclamava o atraso no discurso durante sua campanha, agora, já no seu primeiro dia, começa a instaurá-lo na prática em nosso País. Ao transferir a prerrogativa de demarcar terras indígenas e quilombolas para o Ministério da Agricultura, o governo Bolsonaro oferece ao algoz a oportunidade de ser ainda mais violento contra aqueles que tem sido, ao longo da história, suas maiores vítimas”, criticou. “Seguindo a lógica do absurdo, o presidente incluiu no seu primeiro pacote de retrocessos a transferência do Serviço Florestal Brasileiro também para o Ministério da Agricultura. O significado é claro: deslocar para perder efetividade na prática, ou seja, acabar com a instituição”, protestou. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Marina SilvaAgriculturaBolsonaro
VOLTAR PARA O ESTADÃO