19.04.2018 | 17h15

Marco Aurélio bota pressão

O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, pediu que seja incluída na pauta do plenário da Corte uma ação do PC do B que quer barrar a possibilidade de prisão após a condenação em segunda instância.

Cármen Lúcia resiste a pautar outras duas ações – ajuizadas pelo PEN e pela OAB – que tratam do mesmo tema, informa o Broadcast Político.


Mais conteúdo sobre:

Marco Aurélio Mello
VOLTAR PARA O ESTADÃO