21.02.2019 | 18h42

Marcelo Álvaro quer caso no STF

A defesa do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG), pediu ao Supremo Tribunal Federal que a investigação que corre na Procuradoria de Minas das suspeitas de que o deputado mineiro patrocinou, enquanto dirigente da sigla no Estado, candidaturas de fachada, vá para a Suprema Corte. Ele teria, segundo o Ministério Público estadual, patrocinado quatro candidaturas de fachada com repasse de verba do fundo eleitoral a pessoas ligadas ele. Segundo os advogados de Marcelo Antônio, o MP local estaria passando por cima do STF pelo fato de seu cliente ter foro privilegiado, conforme afirmado à rádio CBN.


VOLTAR PARA O ESTADÃO