13.04.2018 | 14h31

Mantra de Rosa ganha adepto

Mais um ministro do STF entoa o mantra de Rosa Weber. “O que eu disse nesse julgamento recente é que não tem sentido que um ano e meio depois se possa mudar a jurisprudência, porque a jurisprudência é um argumento da autoridade. E para se ter autoridade tem que se ter respeito. E um tribunal, para gerar respeito junto à cidadania, tem que se respeitar. Um tribunal que não se respeita perde a sua legitimação democrática”, afirmou Luiz Fux, nesta sexta-feira, 13, no Rio, informa o Broadcast Político.


Mais conteúdo sobre:

Luiz Fuxrosa weber
VOLTAR PARA O ESTADÃO