28.11.2018 | 17h41

Mal-estar diplomático por causa da COP

A ONU busca um substituto para sediar a Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP25) após governo eleito decidir não sediar o evento, no ano que vem. A entidade estava preparada para anunciar os preparativos da edição brasileira na COP24 que começa na próxima segunda, 3, na Polônia, informa Jamil Chade, de Genebra, do Estadão.

Oficialmente, a COP adotou um tom técnico ao comentar a decisão. “Sediar a COP é um compromisso logístico e financeiro significativo”, disse o vice-secretário-executivo da entidade, Ovais Sarmad. “A oportunidade de servir de sede respeita uma rotação entre os cinco grupos regionais”, explicou. “É a vez de o Grupo da América Latina e Caribe (Grulac) sediar a conferência em 2019”, afirmou.


Mais conteúdo sobre:

COP25ONU
VOLTAR PARA O ESTADÃO