13.02.2019 | 07h17

Mais embates entre Guedes e a Agricultura

Depois das queixas da ministra Tereza Cristina ao “desmame” radical de subsídios agrícolas pelo Banco do Brasil e do episódio da taxação à importação do leite em pó, um novo capítulo opõe o Ministério da Economia e o agro. O Estadão publica nesta quarta-feira reportagem mostrando que a Agricultura é contra o fim da isenção previdenciária a produtores rurais que exportam, que a equipe de Paulo Guedes quer incluir na reforma da Previdência.

Agricultores que exportam são isentos de recolher 2,6% sobre a comercialização de sua produção como contribuição previdenciária. O cálculo da Economia é que isso tire R$ 7 bilhões ao ano dos cofres do INSS. Para completar o quadro das resistências do agro ao fim dos subsídios, também no Estadão outra reportagem mostra a resistência do setor ao fim de um desconto em contas de luz que custa R$ 3,4 bilhões/ano. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO