05.09.2018 | 06h42

Mais recurso: PT também no STF

Além do recurso extraordinário de 170 páginas apresentado ao STJ, a defesa de Lula também ingressou no STF, como havia anunciado. Desta vez foram os advogados criminais –e não os eleitorais– do petista que apresentaram a peça, pedindo que cesse qualquer impedimento à candidatura de Lula. O pedido, baseado de novo na recomendação de um comitê da ONU a favor da candidatura, será analisado pelo ministro Edson Fachin, informa o Estadão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO