24.05.2018 | 13h12

Mais prazo em inquérito contra Aécio e Anastasia

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, acatou pedido da Polícia Federal e prorrogou por mais 60 dias inquérito que trata de supostas vantagens indevidas na campanha de Antonio Anastasia ao governo de Minas Gerais em 2010, a pedido de Aécio Neves, informa o Blog do Fausto.

A investigação é derivada de delação de executivos da Odebrecht e envolve ainda o ex-presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) Oswaldo Borges da Costa e o marqueteiro Paulo Vasconcelos do Rosário Neto.


VOLTAR PARA O ESTADÃO