30.04.2018 | 09h49

Mais atenção ao Congresso

O Legislativo não recebe a relevância merecida na hora do voto do brasileiro, opina Nelson Paes Leme no Globo. É do Congresso que emergem as leis como a que rege o chamado foro privilegiado e a da prisão após condenação em segunda instância.

“Temos elegido palhaços, jogadores de futebol, médicos, capitães de polícia e Exército, atores, professores primários, delegados, agentes de correio, economistas, banqueiros e bancários, metalúrgicos, operários, empresários, gente de todo tipo e respeitáveis afazeres. Raramente especialistas em leis.”


Notícias relacionadas

Mais conteúdo sobre:

Congresso
VOLTAR PARA O ESTADÃO