04.04.2018 | 07h07

Maiores atos são em SP, RJ e Curitiba

Os organizadores dos atos em diversas cidades do país contra a impunidade e a concessão, pelo STF, de habeas corpus para Lula não divulgaram um balanço total de participação. Os maiores atos ocorreram em São Paulo, no Rio e em Curitiba, sede da Lava Jato.

Na avenida Paulista o auge do protesto durou duas horas. Em Brasília, um temporal atrapalhou o protesto, mas grupos contrários e favoráveis a Lula voltam a se reunir na Praça dos Três Poderes para acompanhar a sessão do Supremo na tarde desta quarta.


VOLTAR PARA O ESTADÃO