17.07.2018 | 18h48

Maia quer ter voz na discussão sobre aborto no STF

Rodrigo Maia quer a Câmara participando do julgamento da ação proposta pelo PSOL que defende a descriminalização do aborto até a 12ª semana de gravidez. O presidente da Casa indicou dois advogados que irão representar os parlamentares no Supremo e pediu para ser avisado com antecedência da data do julgamento.

De acordo com O Globo, Maia quer defender “as prerrogativas constitucionais da Câmara”. Parlamentares pró-vida acusam o PSOL de utilizar de “ativismo judicial” na tentativa de liberar o aborto no Brasil em um debate que deveria ser tratado no Congresso. Em agosto, deverá ocorrer uma audiência pública no STF sobre o tema.


VOLTAR PARA O ESTADÃO