01.02.2019 | 22h49

Maia contra voto aberto

Rodrigo Maia acaba de deixar a Câmara. Manifestou preocupação com a decisão, que considere antirregimental e anticonstitucional, de o Senado escolher seu presidente em voto aberto. “Não se pode, porque não se gosta de uma pessoa, mudar as regras. As pessoas passam, mas as instituições ficam.”

Ele se posiciona, assim, contra a posição de seu partido no Senado. Ele não quis fazer prognósticos quanto às chances do correligionário Davi Alcolumbre. / VM.


VOLTAR PARA O ESTADÃO