27.03.2018 | 08h47

Lula vê inimigos em toda parte

Parte da mitologia em torno de Lula dá conta de que uma de suas qualidades seria a mediação de conflitos. Em sua coluna desta terça no Globo, José Casado mostra que, acuado pela condenação, agora o ex-presidente, que costumava dizer que, se tinha inimigos, não os conhecia, vê inimigos por toda parte.

“Hoje o mundo de Lula estará diferente: poderá continuar se proclamando candidato à Presidência, mas sabe que sua inelegibilidade está configurada, porque a lei eleitoral impede a candidatura de condenados com sentença transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado. Ainda pode recorrer, com base na Lei da Ficha Limpa — aprovada sob aplausos do PT —, para tentar se manter no páreo pelo menos até o fim do calvário judicial.”


Mais conteúdo sobre:

Lulacondenacãosegunda instância
VOLTAR PARA O ESTADÃO