26.04.2019 | 16h10

Lula: Triplex foi comprado em ‘trambique’ por ‘amigo do Moro’

O ex-presidente Lula afirmou durante entrevista concedida aos jornais El País e Folha, nesta tarde de sexta, 26, que o triplex no Guarujá que deu origem à sua condenação foi comprado no leilão por “algum amigo” do ex-juiz Sérgio Moro. “O Moro mentiu dizendo que (o triplex) é meu. Ele colocou num leilão e quem ganhou deve ser amigo dele porque aquele Gontijo (o empresário Fernando Costa Gontijo) não comprava aquilo. Alguém que comprou é amigo do Moro. Ali foi um ajeito, foi um trambique que foi feito. O cara comprou o apartamento por R$ 2 milhões. Ora, se o apartamento foi vendido por R$ 2 milhões, os R$ 2 milhões eram para a Petrobrás. (estou) Apenas lembrando isso”, disparou o petista na sede da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba.

O triplex foi arrematado em 15 de maio de 2018 por Gontijo pelo valor mínimo estipulado no edital, de R$ 2,2 milhões. Ele atua no mercado imobiliário há mais de 30 anos, afirma nunca ter votado em Lula e se diz “apolítico”, informa o Estadão. Ele criou a empresa Guarujá Participações especificamente para comprar o imóvel. Em sua carreira de executivo, consta uma passagem pela companhia Via Engenharia – investigada no chamado mensalão do DEM – escândalo que veio à tona em 2009 e envolveu o ex-governador José Roberto Arruda. Ele também foi condenado por improbidade pela Justiça Federal da Paraíba.

 

Mais conteúdo sobre:

Lulatriplexsergio moro
VOLTAR PARA O ESTADÃO