11.07.2018 | 10h55

Lula preso dificulta transferência, avalia PT

O afã de tirar Lula da prisão, ainda que por algumas horas, se explica pela necessidade de produzir um fato político em que ele passasse o bastão da candidatura para seu “ungido”, com direito a imagens e discurso. Avaliações internas do PT, que batem com pesquisas qualitativas encomendadas por adversários, é que o impacto da nomeação do “eleito”, que deverá mesmo ser Fernando Haddad, é menor com Lula preso, mesmo com todo o discurso de que ele é vítima de perseguição. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO