17.08.2018 | 18h04

Do Fucs: Lula e o ‘aparelhamento’ da ONU (2)

A solicitaçãofeita ao Brasil pelo Comitê de Direitos Humanos da ONU, para que Lula possa se candidatar à Presidência mesmo estando na cadeia, não mostra apenas o viés político do órgão, que compromete a sua credibilidade faz tempo.

Ao ignorar as leis brasileiras, que impedem condenados criminalmente em segunda instância de se candidatar a cargos eletivos, e colocar em xeque a legítima decisão tomada por diferentes instâncias da Justiça contra Lula, o Comitê da ONU se alinha em suas críticas a ditaduras como Cuba e Venezuela e ao pior do esquerdismo global. O Brasil, ao contrário de muitos países que fazem parte do órgão, não é uma republiqueta de banana qualquer, onde as decisões são tomadas em gabinetes pelos ditadores de plantão. O Brasil é uma democracia pulsante, com um Poder Judiciário independente — e é nesse contexto que o impedimento de Lula participar das eleições deve ser compreendido e respeitado. (leia a primeira parte da nota aqui)/ José Fucs

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO