27.05.2018 | 11h45

Lula na gênese da crise

Uma política do fim do governo Lula está na gênese da crise dos caminhoneiros. Em sua coluna na Folha, o economista Samuel Pessôa lembra que logo após a crise de 2009, o governo passou a estimular a compra de caminhões via BNDES.

“O programa de crédito muito barato persistiu até o primeiro mandato da presidente Dilma. De 2009 até hoje a frota de caminhões aumentou 40%. A economia, no mesmo período, cresceu 11%”, escreve.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO