29.10.2018 | 19h23

‘Lula hoje é garantia de derrota’

Em artigo publicado na edição especial da Veja sobre as eleições, o jornalista José Roberto Guzzo diz que o resultado da disputa presidencial mostrou que Lula e o PT “não têm mais nada a ver com a massa”, como não tinham nas manifestações de 2015 e 2016. “Ao se encerrar a apuração do segundo turno, Lula estava na lona — ou, se quiserem, continuava na sua viagem rumo ao fundo do poço, que ele iniciou dois ou três anos atrás e imaginou que fosse capaz de interromper com uma vitória eleitoral milagrosa”, afirma.

“Confirmou-se, no segundo turno, o que foi anunciado no primeiro: Lula, hoje, é uma garantia de derrota para tudo o que aparece ligado ao seu nome.  Pior que tudo, Lula sai das eleições no mesmo lugar onde estava quando entrou nelas: na cadeia, cumprindo há sete meses uma pena de doze anos por corrupção e lavagem de dinheiro.” / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO