02.04.2018 | 07h37

Lula e a divisão da sociedade

A radicalização do discurso político atingiu o maior ponto até aqui na semana que passou, com os tiros nos ônibus da caravana de Lula e a aproximação do julgamento do HC do petista.

Fernando Limongi nota, em seu artigo no Valor, que Lula divide a sociedade brasileira como ninguém antes o fez. “Nas duas últimas semanas, a radicalização voltou a dar as caras, culminando em tiros contra a caravana de Lula, declarações desastradas do candidato tucano e apologia ao porte de armas por Bolsonaro e seus seguidores. O espaço para a serenidade e o razoável se viu reduzido. Voltamos ao sertão de Riobaldo em que até Deus deveria andar armado”, escreve.


Mais conteúdo sobre:

Lulahc do lulacaravana
VOLTAR PARA O ESTADÃO