10.09.2018 | 13h13

Lula aposta em 2ª reação de comitê da ONU

Um dos advogados de Lula, Cristiano Zanin afirmou ter recebido, “por celular”, uma nova “decisão” do Comitê de Direitos Humanos da ONU pela defesa da participação do ex-presidente como candidato à Presidência da eleição de outubro.

“Mais uma vez uma decisão de caráter vinculante, obrigatória. Agora vamos analisar como implementar esse decisão porque não há espaço para que ela não seja cumprida”, disse ele após participar de reunião com Lula, na prisão, em Curitiba nesta segunda, 10.


Mais conteúdo sobre:

Lula eleições
VOLTAR PARA O ESTADÃO