15.07.2018 | 11h01

‘Lula ainda pode não dar entrevistas, mas pode ser ouvido’

Elio Gaspari, em sua coluna para Folha, comenta a decisão da juíza Carolina Lebbos de impedir Lula de participar de sabatinas e outros atos relacionados a pré-campanha. Para Gaspari, o petista pode até ser impedido de dar entrevistas, “mas não se impede que ele seja ouvido”.

“A decisão judicial não tem eficácia porque Lula recebe advogados e eles podem gravar o que ele lhes diz, com direito a divulgar o áudio. Por ser um preso, ele não pode montar palanques na cadeia. Por ser um cidadão, pode falar. Em situações malucas, até os doidos acabam mostrando que são sábios”, escreveu.


VOLTAR PARA O ESTADÃO