27.07.2018 | 11h29

‘Livres’ questiona exclusão de páginas pelo Facebook

O movimento Livres, de orientação liberal, que se espalhou por diversos partidos depois da entrada de Jair Bolsonaro no PSL, no qual estava abrigado até então, publicou em sua página oficial no Twitter um artigo do advogado Adrualdo Catão, no qual ele critica a decisão do Facebook de excluir quase 300 contas, entre elas perfis e páginas ligadas ao MBL e ao Movimento Brasil 200, criado pelo empresário Flavio Rocha, ex-pré-candidato à Presidência pelo PRB.

“Se o objetivo do Facebook é evitar fake news, criar um controle de cima para baixo só contribui com maior manipulação. Penso que é um equívoco que contribuirá para a manipulação política e não para a valorização da verdade”, diz Catão. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO