11.03.2019 | 15h44

Limites ultrapassados

Ao repercutir o vídeo pornográfico publicado pelo presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais, o colunista Fernando Gabeira compara o método de Bolsonaro ao usado pela imprensa sensacionalista. “Isola um fato escabroso, mostra-o nos detalhes e tempera com uma lição de moral, para atenuar a culpa da curiosidade mórbida”, escreveu em artigo no Globo.

Segundo o colunista, o presidente foi capaz de mostrar cenas que nem mesmo a imprensa sensacionalista mostraria. Ele considera a divulgação do vídeo um marco na história do governo Bolsonaro. É a transposição de um limite válido para todos na vida pública.


VOLTAR PARA O ESTADÃO