09.11.2018 | 09h58

Líder protocolar

“Aproveitando a comemoração dos 30 anos da Constituição Cidadã, Bolsonaro reafirmou seu respeito e obediência à Constituição. Nem poderia ser diferente. Precisa ajustar o discurso à prática. Na festa da democracia, quem tem boca grande não entra”, escreveu Elena Landau no Estadão.

A colunista analisou a passagem do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), por Brasília. Disse que ele foi protocolar e, pela primeira vez, se mostrou como novo líder da Nação.


VOLTAR PARA O ESTADÃO