13.02.2019 | 16h55

Lewandowski: ‘STF não se submete a pressões’

No contexto em que Executivo e Judiciário não têm falado a mesma língua, o ministro Ricardo Lewandowski não se acanha. “O Supremo não se submete a pressões. A independência dos Poderes está na Constituição e cumpre a nós interpretar a Constituição e as leis e dar-lhes o sentido que o Judiciário entende que deva ser dado”, disse ele a jornalistas ao chegar para a sessão plenária desta quarta, 13. Alvo preferido de críticas de parlamentares, o tribunal deu início ao julgamento de duas ações que tratam da criminalização da homofobia.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO