21.11.2018 | 11h31

Leniência com ‘isenção total’ de multa

O atual e futuro ministro da Controladoria-Geral da União, Wagner Rosário, vê necessidade de mudanças legislativas para compensar empresas que combatem práticas corruptivas internas. “Estou falando de a gente dar isenção total de multa à empresa que detectou caso de corrupção”, afirmou ele ao Estadão.

Desde a deflagração da Operação Lava Jato, em março de 2014, não há consenso entre os órgãos de controle sobre o teor das penalidades às empresas investigadas. O TCU, por exemplo, já foi acusado de criar “embaraços” para a CGU e Advocacia-Geral da União.


Mais conteúdo sobre:

acordo de leniênciaCGU
VOLTAR PARA O ESTADÃO