21.03.2018 | 06h07

Lavação de roupa suja no STF pode ser em plenário

O clima no Supremo Tribunal Federal ficou tão tenso com o telefone sem fio criado com o tema da prisão após condenação em segunda instância que pode desaguar em uma lavação de roupa suja em plenário nesta quarta-feira — antes, portanto, da sessão administrativa, e com transmissão ao vivo pela TV Justiça.

Um grupo de advogados interessados no tema fez um périplo por cinco gabinetes do Supremo nesta terça levando memoriais aos ministros. A impressão geral é que Cármen Lúcia está isolada e será publicamente cobrada. /V.M.


Mais conteúdo sobre:

STFprisãosegunda instância
VOLTAR PARA O ESTADÃO