17.08.2018 | 16h50

Laurence conta a história que o levou à prisão

De dentro da cadeia, onde está desde o dia 21 de junho, o ex-presidente da Dersa, Laurence Casagrande Lourenço, escreveu um texto para se defender das acusações. Na Folha, Laurence rechaçou os supostos desvios nas obras do trecho Norte do Rodoanel. “O meu objetivo é apenas que você preste atenção nos fatos documentados, pois eles falam por si”, disse.

“Estou preso em função de um processo em que me cerquei de todos os cuidados, visando à proteção dos interesses da empresa”, afirma, depois de explicar que toda a confusão começou depois que as construtoras da obra encontraram os chamados “matacões” (rochas gigantescas) e alegavam que retirá-las não estava previsto no contrato. “Inventaram que destruí documentos, e isso fundamentou minha prisão”. Ele é acusado dos crimes de fraude à licitação, falsidade ideológica e organização criminosa.


VOLTAR PARA O ESTADÃO