07.09.2018 | 13h52

Lançamento de Haddad perde impacto

Antes do atentado contra Jair Bolsonaro, o PT tinha organizado o lançamento oficial de Fernando Haddad para a próxima terça-feira, dia 11. Como Lula está inelegivel e preso, terá de passar o bastão para Haddad.

O problema é que o ataque a Bolsonaro monopoliza, agora, todas as atenções, ofuscando a entrada oficial de Haddad na campanha como candidato a presidente. E tudo o que ele precisa, neste momento, é da maior exposição pública possível para conseguir a transferência dos votos de Lula para ele. Com a mudança de cenário, essa estratégia também pode ficar comprometida. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Jair BolsonaroFernando Haddad
VOLTAR PARA O ESTADÃO