13.03.2019 | 17h20

Justiça manda prender de novo funcionários da Vale

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) ordenou que os funcionários da Vale e terceirizados que estão sendo investigados devido a tragédia de Brumadinho sejam novamente presos, informa o Estadão. Eles haviam sido soltos devido habeas corpus concedido pelo STJ no dia 6 de fevereiro. Nesta quarta-feira, 13, foi instalada a CPI de Brumadinho, que deve investigar os responsáveis pela queda da barragem na cidade mineira que deixou   ao menos 200 mortos e 108 desaparecidos até o momento.


VOLTAR PARA O ESTADÃO