21.03.2018 | 15h26

Fux adia julgamento de auxílio-moradia para magistrados

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux retirou da pauta do tribunal a votação sobre o auxílio-moradia marcada para esta quinta-feira, informa Andreza Matais, da Coluna do Estadão. A Advocacia Geral da União (AGU) informou ao STF que não se opõe a um diálogo de conciliação sobre o tema.

Foi o ministro quem estendeu o auxílio a toda a magistratura, independente de o juiz ter ou não moradia própria. A filha do ministro, desembargadora no Rio, recebe o benefício de R$ 4.300,00.


Mais conteúdo sobre:

LulaSTF
VOLTAR PARA O ESTADÃO