18.04.2018 | 17h29

Juíza barra Nobel da Paz

Adolfo Pérez Esquivel, argentino laureado com o Nobel da Paz em 1980, bem que tentou “inspecionar” a sala da carceragem da PF onde está encarcerado o ex-presidente Lula, em Curitiba, mas foi impedido pela juíza Carlolina Moura Lebbos, da 12.ª Vara Federal local.

De acordo com o Blog do Fausto, Adolfo pretendia vistoriar inclusive as salas onde estão custodiados os demais presos, mas a juíza entendeu que “não há indicativo de violação a direitos” e que “a repetida efetivação de tais diligências (…) dificulta a rotina do estabelecimento de custódia.”


VOLTAR PARA O ESTADÃO