11.04.2018 | 14h03

Jucá tenta acabar com queda-de-braço

Lider do governo e responsável pela indicação de Dyogo Oliveira para o BNDES e de Esteves Colnago para o Planejamento, o senador Romero Jucá prestigiou a posse do novo ministro da Fazenda, Eduardo Guardia. Além disso, postou no seu Twitter que o novo ministro vai assegurar a continuidade da política econômica bem sucedida de Henrique Meirelles.

Os dois fatos seriam banais. Exceto pelo fato de que, com isso, Jucá quer acabar com a impressão de que há uma disputa dentro do governo para saber quem manda mais na área econômica: ele ou o time da Fazenda, indicado por Meirelles. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Romero Jucá
VOLTAR PARA O ESTADÃO