26.05.2018 | 13h19

Josué pão-duro

O presidente do PDT, Carlos Lupi, expôs uma idiossincrasia do milionário Josué Gomes (PR), o nome mais cortejado do momento pelos partidos para ser vice de chapa presidencial, quando questionado sobre a possibilidade de o filho do falecido José Alencar bancar sua própria campanha.

“Se falar que ele tem de botar a mão no bolso, ele nem entra na sala de reunião. Não fica 15 segundos. Conheço a peça há 20 anos. Almocei várias vezes com ele, nunca pagou um almoço. Nem ameaça. Num gesto maior de generosidade, dividiu a conta. Com ele, só tomo água”, disse Lupi em O Globo.


Notícias relacionadas

Mais conteúdo sobre:

Josué Gomescarlos lupi
VOLTAR PARA O ESTADÃO