22.04.2018 | 09h03

Joaquim tem estrada dura pela frente

Mesmo sem oficializar sua candidatura, Joaquim Barbosa “tem todas as condições subjetivas para se tornar a maior novidade da eleição, mas ainda lhe faltam as condições objetivas para virar o primeiro negro presidente da República”, escreve Eliane Cantanhêde, na sua coluna no Estadão.

“Síntese dos principais candidatos, Joaquim tem os seus predicados sem ter seus “defeitos”, mas não tem um partido organizado como o PT, ou simpático à elite como o PSDB ou com ramificação e tempo de TV como o MDB”, lembra a colunista.

 

 

Mais conteúdo sobre:

joaquim barbosa
VOLTAR PARA O ESTADÃO