17.04.2018 | 06h58

Joaquim embaralha o jogo

Nenhum presidenciável novo embaralhou tanto o jogo quanto Joaquim Barbosa. Sua candidatura “espreme” Geraldo Alckmin e cresce à base de atributos muito fortes, observa Eliane Cantanhêde em sua coluna no Estadão.

“Para o eleitorado, Joaquim é um símbolo do combate à corrupção e abriu caminho para o juiz Sérgio Moro e a Lava Jato.”


Mais conteúdo sobre:

joaquim barbosaGeraldo AlckminLula
VOLTAR PARA O ESTADÃO