27.11.2018 | 13h51

Jeito Covas de ser

Alvo de inquérito pela queda do viaduto na Marginal Pinheiros, o prefeito Bruno Covas (PSDB) tenta há sete meses deixar uma marca própria na Prefeitura de São Paulo. Desde que assumiu a cadeira, 15 secretarias foram já alteradas, sendo 6 mudanças desde a eleição de outubro, o que dá uma média de duas mudanças por mês, informa a CBN.

Um dos desafios da sua gestão, além do pepinaço que tem agora em mãos com o caso do viaduto, será a reforma da Previdência municipal.


Mais conteúdo sobre:

Bruno Covasprefeitura
VOLTAR PARA O ESTADÃO