18.04.2018 | 07h25

Jantares antes da guerra

Michel Temer resolveu intensificar a programação de jantares com partidos da base aliada, à espera da terceira denúncia contra si.

A Coluna do Estadão informa que, no Planalto, chegou a informação de que a Procuradoria-Geral da República e o ministro Luis Barroso chegaram a discutir a necessidade de busca e apreensão em gabinetes do palácio, quando da prisão dos amigos de Temer.


VOLTAR PARA O ESTADÃO