04.08.2018 | 11h27

O ‘não’ de Janaína a Bolsonaro

A advogada Janaína Paschoal foi ao Twitter informar que não vai ser vice de Jair Bolsonaro nas eleições deste ano. “Por questões familiares, por ora, eu não posso me mudar para Brasília. A minha família não me acompanharia”, justificou.


“Peço desculpas ao Brasil e prometo, esteja onde estiver, com ou sem cargo, continuar lutando por um país livre”. Na última sexta-feira, em entrevista para a GloboNews, Bolsonaro disse que “estava entre Janaína e o príncipe Luiz Phillipe de Orleans e Bragança”. Com isso o favorito para assumir o cargo é o membro da família real brasileira.

Mais conteúdo sobre:

Janaina PaschoalJair Bolsonaro
VOLTAR PARA O ESTADÃO