17.11.2018 | 19h20

Janaína não quer saber de ‘política partidária’

Deputada mais votada da história do Brasil, Janaína Paschoal avisou em seu Twitter que “não se ocupará de questões partidárias”. Cotada para concorrer à presidência da Assembleia Legislativa de São Paulo, a advogada disse que já avisou aos presidentes do PSL estadual e nacional (Major Olímpio e Luciano Bivar, respectivamente) que não quer saber do tema durante seu mandato.


“Eu vou concorrer à Presidência da Alesp e não é para ter um pequeno feudo em São Paulo. Eu vou concorrer para que São Paulo tenha voz no Brasil e no mundo! Para ajudar na descentralização do Poder. Para resgatar o Colégio das Assembleias Legislativas.  Já me disseram que, para ser reeleita, eu preciso me envolver na política partidária. Bem, confesso, a minha última preocupação é ser reeleita”, escreveu.

VOLTAR PARA O ESTADÃO