14.02.2019 | 11h25

Janaina: ‘Não acho justo usar denúncia por vingança’

Para a deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP), o ministro Gustavo Bebianno é uma pessoa controversa, muita gente não gosta dele, mas diz não achar justo o uso da denúncia, “que a princípio não o envolve”, para “vingar outras questões”. O titular da Secretaria-Geral da Presidência foi queimado em praça pública por Carlos Bolsonaro, com anuência do presidente Jair Bolsonaro, a partir das suspeitas de que liberou verba para candidaturas fantasmas.


Ela cita o próprio exemplo de não ter aceito verba do fundo eleitoral, oferecido por Bebianno, para sua campanha. Acrescenta que o “fato de Bebbiano ter assinado a liberação do dinheiro, na condição de presidente do Partido, não o torna automaticamente culpado, pois ele era a pessoa competente para assinar a documentação. Temos que saber quem, eventualmente, ficou o dinheiro”.

 

VOLTAR PARA O ESTADÃO