10.07.2018 | 19h51

Janaína confusa com o CNJ

Uma das autores do pedido de impeachment de Dilma Rousseff e cotada a concorrer na próxima eleição em algum cargo legislativo pelo PSL, Janaína Paschoal criticou a decisão do Conselho Nacional de Justiça de investigar não apenas o desembargador Rogério Favreto, mas também Gebran Neto e o juiz Sérgio Moro após a queda de braço de decisões sobre a liberdade de Lula que ocorreu no último domingo.


“Por mais que eu me esforce, não consigo compreender por qual motivo o CNJ investigará os magistrados Moro e Gebran. Segundo o próprio STJ, teratológica foi a decisão de conceder a liberdade ao ex-presidente. Hoje, muita gente se beneficia com a diminuição da Lava Jato”, disse.

VOLTAR PARA O ESTADÃO