23.11.2018 | 11h29

Intervenção até junho de 2019?

O governador eleito do Rio, Wilson Witzel, confirmou nesta quinta-feira, 22, que pretende pedir a prorrogação da Garantia da Lei e da Ordem para manter as Forças Armadas no Rio até junho de 2019. Caso receba uma negativa do presidente eleito, Jair Bolsonaro, Witzel disse que reforçará o patrulhamento por meio do Regime Adicional de Serviço — quando o policial trabalha nos momentos de folga.

Durante a coletiva, na qual anunciou ainda os nomes de alguns secretários do novo governo, ele disse que pretende apresentar no dia 13 de dezembro o planejamento estratégico de segurança pública do Estado do Rio, informou o Globo.


VOLTAR PARA O ESTADÃO