07.08.2018 | 15h22

Interpol sobre o Roda Viva com Moro

A entrevista do juiz Sérgio Moro ao Roda Viva, em 27 de março, resultou na retirada do nome do réu da Lava Jato, Rodrigo Tacla Duran, da lista de procurados da Interpol. A corporação entendeu que o magistrado “falou publicamente sobre ele (Tacla Duran) durante uma entrevista”, colocando em suspeição a imparcialidade do juiz da Lava Jato em Curitiba, informa o Estadão.


Agora, o deputado Wadih Damous (PT-RJ) afirma que vai “sugerir que ele (Tacla) testemunhe nos processos onde Moro é o juiz. Quero saber se ele continua com medo de Tacla Duran, já que foi desmoralizado pela Interpol”, diz em post no Twitter.

 

VOLTAR PARA O ESTADÃO