10.10.2018 | 08h23

Indústria com ciúme do mercado

A indústria está com ciúme do flerte de Jair Bolsonaro com o mercado. A Anfavea e outros representantes do setor produtivo se queixam, em reportagem do Estadão, de a interlocução do candidato do PSL à Presidência com o ecossistema financeiro ser maior. “A equipe de Bolsonaro procura mais o mercado financeiro do que o setor produtivo, principalmente o Paulo Guedes”, afirma Antonio Megale, da Anfavea.


VOLTAR PARA O ESTADÃO