28.10.2018 | 15h54

Incendiário tucano

Da renúncia à Prefeitura de São Paulo ao apoio a Jair Bolsonaro (PSL), o candidato tucano ao governo de São Paulo ganhou disputas internas, mas causou sérios abalos na estrutura do partido. Enquanto Geraldo Alckmin agonizava nas pesquisas nacionais, Doria liderava na corrida estadual e mantinha cada vez mais distância com o “padrinho”, informou o Estadão. Na última pesquisa Ibope, o tucano apareceu numericamente empatado com o adversário Márcio França.


VOLTAR PARA O ESTADÃO