30.04.2018 | 12h56

‘Imprudência’ na PF

A decisão da Polícia Federal de aceitar delação premiada de Atônio Palocci é “imprudente”, opina Ricardo Rangel no jornal O Globo.

Para o colunista, a decisão deveria ser o Ministério Público, órgão responsável por denunciá-lo. “É um gesto de desafio e confrontação, que escancara, e avança uma casa, a disputa entre PF e MP pelo papel de protagonista na operação Lava Jato.”


VOLTAR PARA O ESTADÃO