14.08.2018 | 20h27

Impeachment de todo o Supremo — nos EUA

Enquanto no Brasil os processos de impeachment do ministro Gilmar Mendes, do STF, estão parados no Senado, nos Estados Unidos a assembléia legislativa da Virgínia Ocidental está prestes a decidir pelo impeachment de todo Supremo Tribunal do Estado. Segundo o site Vespeiro, do jornalista Fernão Lara Mesquita, se a decisão se confirmar será a primeira vez na história americana que isso acontecerá.

O juiz Allen Loughry foi “defenestrado” na segunda-feira, 13, sob a acusação de gastar US$ 363 mil na redecoração de seu gabinete, usar verbas oficiais em gastos pessoais com viagens e combustíveis e levar para casa uma escrivaninha antiga. Além de Loughry, três juízas são acusadas, entre outros motivos, por gastos de US$ 3,2 milhões na reforma de seus gabinetes e aguardam decisão sobre seus casos. O quinto juiz da Corte, de acordo com o site Consultor Jurídico, escapou do impeachment, porque se aposentou antes. Mas será processado, ainda assim, porque, em acordo com a Promotoria, declarou-se culpado de fraude. / J.F.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO